Agências bancárias de Franca terão de atender público até as 16 horas

Franca Local A- A+ 03/02/2012 Autor(a): Edson Arantes Função: Repórter Foto(s): Marcos Limonti/Comércio da Franca
Agências bancárias de Franca terão de atender público  até as 16 horas

COMEMORAÇÃO - Pastor Otávio e Edson dos Santos, presidente do Sindicato dos Bancários, se abraçam após aprovação da lei

A Câmara aprovou projeto de lei que amplia o horário de atendimento ao público nos bancos de Franca. As agências terão que ficar abertas até as 16 horas. Hoje, o expediente é das 10 às 15 horas. A nova regra começa a valer em três meses e o descumprimento resultará em multa de R$ 4 mil.

Levantamento do vereador Pastor Otávio (PTB) em dez cidades do Estado, entre elas Ribeirão Preto, Araraquara e São José dos Campos, constatou que apenas as agências de Franca fechavam as portas às 15 horas. Com base nesta pesquisa e apoiado por entidades de classe e representantes dos bancários, o vereador apresentou a proposta de mudança. Uma lei municipal de 1972 já estabelecia o funcionamento até as 16 horas. Mas, segundo o parlamentar, em algum momento - ele não soube precisar quando - foi alterada e reduziu o expediente em uma hora.

Não houve manifestações nem votos contrários. “Estive na Federação dos Bancos, consultei o departamento jurídico da Câmara e da Prefeitura e recebi pareceres favoráveis. Também fomos apoiados pela Acif e CDL. A mudança dará mais tempo para as pessoas fazerem as movimentações, ajudará a desafogar o atendimento e resultará em mais segurança”, justificou.

Pastor Otávio não acredita que possa haver alguma tentativa dos donos dos bancos em derrubar a lei. “Não estamos mexendo na jornada de trabalho dos bancários. Eles continuarão trabalhando no mesmo horário. Apenas o atendimento ao público será ampliado em uma hora.”

O vereador ganhou um aliado importante. Membros do Sindicato dos Bancários foram ao plenário com faixas e cartazes defender a ampliação do horário de atendimento ao público. “Agências de todas as capitais do País ficam abertas até as 16 horas. A mudança vai melhorar o atendimento. Acredito que novas vagas serão abertas no setor bancário, o que resultará em mais empregos para a categoria”, comentou Edson dos Santos, presidente do Sindicato.

O Banco Central é o responsável por normatizar o horário de funcionamento dos bancos. A única exigência que consta na resolução é que o expediente mínimo para o público será de cinco horas diárias ininterruptas, com atendimento obrigatório no período de 12h às 15h, horário de Brasília. Amparados pelo direito constitucional de legislar sobre assunto de seu interesse, municípios fixam por meio de leis o horário que julgam mais conveniente. Em Bauru e Limeira, por exemplo, o atendimento é feito das 10h30 às 16 horas.

A lei aprovada ontem não entrará em vigor imediatamente. Como os bancos precisam se preparar, será concedido um prazo de 90 dias a partir da sanção por parte do prefeito.
 

9 Comentários

  1. 7 pessoas gostaram Gostei

    Julio, brincadeira né ? Você por acaso já trabalhou em alguma instituição financeira pra dizer que após o expediente o funcionario não faz nada ? Diga isso aos caixas, que após um dia intenso de movimento, o único horário que possuem para realizar o fechamento, passar malotes, depósitos no caixa eletrônico e ver se não houve qualquer diferença é justamente nessa hora. O sindicato alega novas vagas de trabalho, sendo que os banqueiros estão com pensamento na contra mão. Pra variar, sobra para os que já estão trabalhando, com metas absurdas, sem tempo ao menos pra realizar suas atividades diárias, e agora com horário de atendimento ampliado. Não vejo vantagem alguma nessa ampliação de horário. Caso fosse criado novas jornadas de trabalho, outros turnos e a contratação de novos funcionários, seria diferente. Da maneira como foi feito, somente mais serviço e reclamação por parte dos clientes.

  2. 7 pessoas gostaram Gostei

    Não consigo acreditar isso. É muito simples o mercado que dita é o cliente, é só começarmos a não utilizar serviços bancarios queos bancos mudam sozinhos, é como o comércio age, quando não nos sentimos bem atendidos com uma determinada comércio compramos em outro, se os bancos hoje mandam no sistema é porque um dia deixamos de exigir deles o que precisamos ou seja um atendimento melhor. Não adianta representantes dos bancos dizerem que o horário para atender ao público afeta a segurança, quando um banco é assaltado ele nunca perde, a seguradora paga pela conta e o liente pelo assalto de outra forma. Delci Liberti

  3. 7 pessoas gostaram Gostei

    Belo jurídico tem a câmara e a prefeitura, pelo jeito nunca ouviram falar da Súmula 19 do STJ, os bancos vão conseguir reverter fácil essa mudança.

  4. 7 pessoas gostaram Gostei

    Os vereadores que deveriam votar algo pra trabalhar todo dia e não uma vez por semana.

  5. 7 pessoas gostaram Gostei

    Julio Os funcionários não ficam sem fazer nada depois do atendimento, ficam resolvendo os assuntos que ficam pendentes no decorrer do dia que não são possíveis de resolver pela falta de funcionários dos bancos. Doce ilusão achar que os bancos vão contratar mais funcionários. O que vai acontecer é que os clientes e usuários vão chegar no banco às 15:45 e ainda reclamar que não são bem atendidos. Tiveram o dia todo pra ir no banco.

  6. 7 pessoas gostaram Gostei

    Uma ótima notícia. Somente Franca estava atrasada em relação a esse horário de atendimento ao público. Cidades importantes têm seu horário até ás 16:00 hs. Concordo plenamente com a opinião do Maicon. Também não acredito que a ampliação do horário de atendimento irá prejudicar os funcionários, pois aumentará somente o atendimento e não a carga horária.

  7. 7 pessoas gostaram Gostei

    Gente, vamos ler a noticia com atenção! Não vai aumentar a jornada de trabalho dos funcionários dos bancos. Apenas vai aumentar o período de atendimento ao público. Se alguém passar em frente a uma agência bancária fora do horário de atendimento ao público vai perceber que os funcionários continuam lá dentro fazendo trabalhos burocráticos e, em alguns casos, não fazendo nada mesmo. Acho a inciativa do vereador válida. Pelo menos esse pessoal vai aproveitar melhor o tempo que precisam ficar dentro do banco. O vereador dessa vez mostrou que não estava lendo matérias sobre refrigerantes na internet. Desta vez ele estava trabalhando.

  8. 7 pessoas gostaram Gostei

    A iniciativa é totalmente plausível, haja vista o movimento em Franca ser intenso. Trabalho em uma agência bancária, porém numa cidade de 20 mil habitantes. Já trabalhei em cidades acima de 100 mil habitantes e a diferença de fluxo realmente é exorbitante. Quem ganha é o cliente, que ganha mais tempo para efetuar movimentações, mas os bancos também ganham, pois com 1 hora a mais no atendimento, com certeza novos negócios serão realizados. Parabéns pela iniciativa do Pastor e pelo apoio do Sindicato dos Bancários.

  9. 7 pessoas gostaram Gostei

    Esse Sindicato deve ser o único no mundo que apoia o aumento de horas trabalhadas de seus afiliados.

Comente esta notícia

Não serão publicadas mensagens/comentários que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto da matéria comentada. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Seu comentário não será liberado instantaneamente. Antes, passará por análise da editoria on-line do portal.

*

*

*

Li e concordo com o código de conduta online.